249 - Assumindo Que Sou Corno

Sou a Ana e já me apresentei em contos anteriores, tenho 27 anos e sou casada com o Rodrigo. Vivemos um relacionamento liberal a 6 anos e até o dia que acabei transando com 3 rapazes na frente dele não curtíamos essa coisa do marido ser o corno da estória, víamos tudo como um relacionamento liberal apenas. Também curtimos meninas e casais, mas não tenho como negar que os homens dotados são o que mais me dão tesão.
Depois desse dia que transei com os 3 (uma loucura que foi) e acabei chamando ele de corno, enquanto estava com os outros, nós conversamos muito. Chegamos à conclusão que são apenas palavras e que deixariam as nossas aventuras ainda mais apimentadas.

248 - Desta Vez Foram 3 Amigos

Já nos apresentamos nos contos anteriores, somos Ana e Rodrigo, casados e praticantes de swing, ménage masculino e ménage feminino. Temos um relacionamento liberal e sem traições. Ana tem 27 anos e uma morena deliciosa e tem muito fogo. Sempre tivemos a fantasia da Ana transar com vários caras, 3 ou mais, mas essa era considerada, por nós, uma fantasia que nunca seria realizada.
Nos últimos meses fomos fazer uma viagem a Cuba e fizemos um curso e mergulho e acabamos virando praticantes do novo hobby. Uma vez por mês íamos mergulhar com o pessoal de uma operadora de mergulho próxima a nossa casa. E nisso conhecemos 3 amigos, Marcio, Alexandre e André.

247 - Experimentando um Novo Amigo

Minha primeira experiência com um amigo na frente do meu marido foi ótima, o amigo foi perfeito para uma iniciante e com uma disposição realmente invejável. Realmente ele só pecou em duas coisas: um pau maior e mais grosso me faria mais feliz e queria ter sido mais puta. Afinal o meu grande tesão é ser muito puta com um amigo enquanto o Rodrigo só fica olhando e fotografando. Isso realmente me excitou, várias vezes eu olhava pra ele e aquilo me dava mais tesão.
O novo amigo é um amigo de longa data do Digo, com fama de bem dotado. Nós queríamos aprontar pra cima dele e o mais gostoso é que ele não tinha nem ideia. Marcio tinha 32 anos, em ótima forma física e com cara de que aceitaria uma abordagem nossa. Como milhões de vezes marcamos de ir na casa dele para tomar umas cervejas e umas caipirinhas, a única diferença é que desta vez ele não sabia que as nossas intenções eram as melhores possíveis.

246 - Comida Pelo Amigo

Bem, esse é o nosso primeiro conto, então nada melhor do que começarmos nos apresentando. Sou Rodrigo, tenho 35 anos e sou casado com Ana. Uma típica gatinha do Rio de Janeiro hoje com seus 26 anos.
Criamos coragem de começar a publicar nossos contos somente agora, mas na época que eles aconteceram várias fotos foram feitas e no dia seguinte de cada uma das aventuras algumas anotações eram feitas dando a versão dos dois. Então este conto é uma reconstituição de um fato real que vamos tentar contar sendo o mais próximo possível da realidade.

245 - Meu Presente Me Fez Gozar

Miriam esta deitada de costas na cama do casal, tem os pulsos e os tornozelos atados nas quatro colunas da cama. Hoje é seu aniversário, ela está completando trinta e oito anos mas seu corpo não demonstra isso, muito pelo contrário… Sua atenção está totalmente voltada para o marido que hoje está agindo de maneira algo diferente.
Miriam e Rafael são casados a dezenove anos, se amam e praticam sexo como amantes apaixonados desde que eram namorados. Os dois adoram o sexo e estão sempre prontos para experimentar coisas novas. Essa coisa de amarrar, bondage e fetiche já é comum para eles, pelo menos uma vez por mês eles fazem um “teatrinho” onde Miriam finge estar com medo e Rafael banca o dominador implacável:
-Agora você vai pagar caro sua vadia! Deite-se e cale essa boca!
Miriam faz carinha de choro:
-Por favor Rafa… O que você vai fazer comigo???
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...